sexta-feira, 21 de julho de 2017

QUADRA DO DIA

Os velhos de Carvoeiro
Pescadores de outrora
À sombra do soalheiro
Já nada pescam agora.

GENTE DA MINHA TERRA

De um simples "TOSTÃO"
Se passou ao milhão
E nasceu a "Urgueira".
Por isso eu penso,
A família Lourenço
É emblema da Beira.

quinta-feira, 20 de julho de 2017

DIA DO AMIGO

Editei há pouco um livro
Que não ficou cativo.
Num acto de pura amizade,
Todos os amigos o querem,
Talvez para nem o lerem.
Antes, por solidariedade.

Neste dia, caro amigo,
O poeta está contigo.

MAIS QUADRAS

Ao Sol e a Sul, na hora
No desfrutar da reforma
Aqui, onde estou agora.
Quem de direito s'informa.

Para além do muito escrito
Este também é "Livro Branco"
Que preencho em manuscrito
Para criar, algum espanto.

São só, trezentas e dez
As páginas deste canhenho
Rascunho feito de viés
Depois reduzido no tamanho.

Quatro quadras por dia?
Para mim será ofício
De quem criou a "mania"
Deste inocente vício.

quarta-feira, 19 de julho de 2017

QUADRAS DIÁRIAS

Não há nenhum mistério
Naquilo que vos digo
São pensares do Silvério
Em remissão de castigo.

Na rota do Sol quente
Tomei a direcção a Sul
Do calor mais presente
E o céu, é sempre azul.

Não será demais pensar
Em tentar fazer o Bem
A quem dele necessitar
Só porque esse não tem.

Sim! Versejar é comigo
Hora a hora no dia-a-dia
Bem tento mas não consigo
Afastar de mim, a Poesia.



terça-feira, 18 de julho de 2017

QUADRA DO DIA

FLORESTA DESCONTINUADA
SERIA MELHOR PROTEGIDA
A IDEIA AQUI FICA LANÇADA
QUEM ACEITA TAL MEDIDA?

É DEMAIS!

Já tanto cansa e até oprime
Ouvir falar de fogos florestais.
Tão constante o relato se define,
que ultrapassa todos os manuais.

São as centenas de operacionais,
apoiados por, tantas viaturas ...
Não acham que já é demais,
O tanto pormenor, criaturas?!

E não apenas um só relator.
São todos os canais televisivos,
a quererem mostrar o seu valor,
a estes nossos pobres nativos! ...

Para não falar dos meios aéreos!
Os tais que envolvem mistérios ...